ADIADO julgamento do mérito da Ação Rescisória dos 21,7%

O desembargador José de Ribamar Castro retirou de pauta o julgamento do mérito da Ação Rescisória referente à ação dos 21,7%. O julgamento estava marcado para esta sexta-feira (20). Uma nova data ainda será marcada.

A justificativa é de que o Estado do Maranhão e o SINTSEP precisam ser intimados para tomarem conhecimento do teor de duas petições, que foram protocoladas no processo, no intuito de evitar uma possível nulidade.

Vale lembrar que a implantação do percentual foi suspensa, em fevereiro deste ano, após decisão liminar proferida pelo magistrado, até o julgamento do mérito da Ação Rescisória.

18 comentários “ADIADO julgamento do mérito da Ação Rescisória dos 21,7%

  1. Edinaldo Silva Correia disse:

    Acho que o sindsep tem que organizar uma mega-manifestacao no sentido de evitar que se faça essa injustiça.

  2. Edinaldo Silva Correia disse:

    Acho que o Sintsep deve unir -se a esses novos litisconsórcios para ganharmos força nessa batalha

  3. Raimundo das Mercês Ramos disse:

    Não é justo parte dos servidores ainda receber um direito que nosso.

  4. Celso disse:

    Judiciário comprado. Dino não paga nunca.

  5. Noraney disse:

    Considero uma injustiça este assunto pois existem amigas de trabalho que já recebem e outros ficam só na vontade.Queremos sue seja resolvido logo,pois merecemos os nossos direitos.

  6. Uma pena… ! Parece mentira, mas centenas de pessoas já SABIAM que iria acontecer isso ou pior que isso. ISSO É ABUSO DE AUTORIDADE, POR ISSO QUE ELES NÃO QUEREM QUE A LEI DE ABUSO SEJA PROMULGADA.

  7. Ribamar Melo disse:

    Por que só o TJMA tem direito a reajuste salarial? Se os demais servidores de outros poderes estão há muitos anos sem aumento salarial? Esse Tribunal de Justiça ganhou aumento justamente na semana que seria julgada a ação dos 21% que já foi até ganha nas estâncias federais. Isso é muito suspeito.Será que esse tribunal de justiça do Maranhão merece CREDIBILIDADE?

  8. Francisco Lopes disse:

    É simplesmente frustrante e lamentável este governo; nós servidores ativos administrativos somos tratados à margem da administração é como se não existíssemos pois já são seis anos sem termos um centavo de aumento no nosso salário. Como servidores estamos completamente decepcionados com o governo Dino pcdob de araque.

  9. Ivanaldo paixao disse:

    No livro de 2 Timóteo diz: 1:nos ultimos dias sobrevirao tempos trabalhoso, 2:homens amantes de se mesmo, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, 3sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, :incontinentes, crueis sem amor para com os bons, 4:traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigosbde DEUS, 5:tendo a parecia de piedade, mais negando a eficacia dela. Destes afasta-te, é o que acontece com os nossos políticos, mais temos um DEUS todo poderoso que dono de tudo e de todo, como diz o salmos 24:1.

  10. Marinalva Edésia disse:

    Faço minhas as palavras do Ribamar Melo, no que se refere, aos demais servidores que também merecem receber, principalmente aquilo que é de direito, no caso, nossos direitos. Vamos ficar aguardando e cobrando das autoridades do Tribunal de Justiça que possam olhar com justiça para estes servidores que encontram-se há anos esperando por este resultado dos 21%, bem como da URV.

  11. Antonio Henrique Frazão Guilhon disse:

    Isso está cheirando a mutreta, a manobra desses desembargadores.

  12. TOLASCADO NESTEGOVERNO disse:

    É A PRIMEIRA VEZ QUE VEJO UM GOVERNADOR MANDAR MAIS QUE UM PRESIDENTE E O JUDICIÁRIO ESTADUAL SE SOBREPOR AO JUDICIÁRIO FEDERAL DO RESTANTE DA NAÇÃO!

  13. Luiz Alexandre Raposo disse:

    Sabemos que o país atravessa uma recessão braba, mas para esses magistrados isso não pesa. Há pouco, o Brasil se indignou com o procurador que reclamava de seu “mísero salário ” de 24 mil reais. Imaginem!
    No entanto, permitir um aumento de apenas 21% para o funcionalismo público aqui no Maranhão se torna causa de ação! E com possibilidade desse judiciário votar contra… Só Deus na causa!

  14. Josue disse:

    Meus amigos, o pessoal que faz parte desses sindicatos apoiaram o comunista nessa reeleição… agora estão escondendo a cara com vergonha!!
    Bem feito!!!..e digo mais, até o fim do mandato do dito cujo, os descontos em folha dos sindicalizados, serão abolidos das folhas de pagamentos!!.. Não foi retirado ainda, face a briguinha pessoal que ele tem com Bolsonaro!!

  15. Maria selma costa da Luz disse:

    Esse Governador é Poderoso, não da aumento, não está pagando os Abonos de Permanência dos Servidores e Aposentados do Estado, não cumpre as Decisões Judiciais, ninguém faz nada. 🤔🤔🤔🤔

  16. Fabio disse:

    Por funcionários do judiciário tudo pode, pra outra categoria não,. Não acredito mais nessa Justiça.

  17. AGNALDO DA SILVA GUIMARÃES FILHO disse:

    O que se percebe, a princípio, é justamente um contrassenso entre as benesses destinadas ao judiciário e o impedimento do pagamento das ações ganhas e não cumpridas fielmente pelo Governo, destinadas as outras categorias pertencentes ao poder Executivo. O que existe, na verdade, é um aparelhamento muito forte do judiciário, criado pelo Governo comunista para atuar em seu benefício, com o objetivo de aprovar ou impedir de cumprimento das demandas conquistas por nós, com muito sacrifício.
    Isso é fato. Está aí, aos nossos olhos, a aprovação do aumento deles, recentemente, e o adiamento da nossa causa, suspensa desde fevereiro do corrente ano.
    Esse pessoal pensa que é intocável?
    Que agem como verdadeiros verdugos, como se fossem os senhores da vida e da morte?
    Infelizmente, sim. Para eles, o resto que se exploda.

  18. Ação 5,14% – Quais são as próximas etapas dos processos de execuções dos 5,14%, que estão sobrestados, após as Primeiras Câmaras Cíveis Reunidas, rejeitaram os Embargos de Declaração, ajuizado pelo Governo do Estado, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado – PGE?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *