Advogados que não fazem parte da Assessoria Jurídica do SINTSEP procuram servidores com falsas informações

O SINTSEP volta a alertar para um antigo golpe que voltou a ser registrado entre os servidores públicos do Maranhão, sobretudo aqueles filiados ao sindicato. Alguns advogados, que não fazem parte da Assessoria Jurídica do SINTSEP, têm procurado a nossa base, sobretudo os aposentados, falando sobre alvarás de precatórios de ações na Justiça, principalmente a URV.

Com esse argumento, eles levam muitos filiados a assinarem procurações e, depois, somem sem dar qualquer explicação.

O SINTSEP orienta o servidor que não assine procurações, que é um documento importante, para alguém desconhecido. Vale ressaltar que a assinatura de uma procuração dá plenos poderes à pessoa portadora do documento, inclusive o de contrair empréstimos ou receber quantias em nome do servidor.

Por isso, em caso de dúvida, procure o sindicato para confirmar a identidade do advogado ou relatar a situação.

Advogados que não fazem parte da Assessoria Jurídica do SINTSEP procuram servidores com falsas promessas

estelionato-golpe-bd

O SINTSEP volta a alertar para um antigo golpe que voltou a ser registrado entre os servidores públicos do Maranhão, sobretudo aqueles filiados ao sindicato. Alguns advogados, que não fazem parte da Assessoria Jurídica do SINTSEP, têm procurado a nossa base e falado sobre as ações que o sindicato possui na Justiça, com falsas promessas de agilidade na execução das sentenças. Com esse argumento, eles levam muitos filiados a assinarem procurações e, depois, somem ser dar qualquer explicação.

O SINTSEP orienta o servidor que não assine procurações, que é um documento importante, para alguém desconhecido. Vale ressaltar que a assinatura de uma procuração dá plenos poderes à pessoa portadora do documento, inclusive o de contrair empréstimos ou receber quantias em nome do servidor.

Por isso, em caso de dúvida, procure o sindicato para confirmar a identidade do advogado ou relatar a situação.

Diga não à PEC 241 e ao retrocesso social!

435eda10150bf30cb603372b4972116f

Em mais uma medida encampada pelo presidente ilegítimo Michel Temer, a Câmara dos Deputados aprovou, na última segunda-feira (10), o texto-base do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) 241, que irá congelar os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

A PEC 241 foi aprovada com 366 votos favoráveis e apenas 111 contrários. A matéria ainda passará por uma votação em segundo turno no plenário da Câmara, marcada para aconteceu no dia 24 de outubro.

A aprovação de um projeto como esse é grave e se configura como uma afronta ao povo brasileiro e à classe trabalhadora. Se a população cresce, os gastos também aumentam e precisam estar de acordo com as receitas do governo, a capacidade de endividamento e as necessidades da sociedade. A redução dos investimentos tornará o Estado incapaz de prestar serviços públicos.

Veja abaixo a lista dos deputados maranhense que votaram a favor da PEC:

DEM – Juscelino Filho – MA

PEN – Junior Marreca – MA

PMDB – Alberto Filho – MA

PMDB – Hildo Rocha – MA

PMDB – João Marcelo Souza – MA

PR – Davi Alves Silva Júnior – MA

PRB – Cleber Verde – MA

PSB – Ildon Marques – MA

PSB – José Reinaldo – MA

PSD – Victor Mendes – MA

PSDB – João Castelo – MA

PTB – Pedro Fernandes – MA

PTN – Aluisio Mendes – MA

Com informações da Central Única dos Trabalhadores (CUT)